Kit 10 Lampada Led 12w Lampadas Soquete E27 Eletro

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

COMO FICA AQUI EM RIACHUELO???

Publicidade
twitter

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Prefeita sanciona PCCV dos servidores municipais


Um momento histórico para o serviço público. Sob aplausos e discursos emocionados dos servidores municipais, a prefeita do Natal, Micarla de Sousa, sancionou na manhã desta sexta-feira (03), as leis do Plano Geral de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCV), do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da Saúde e a Lei das Gratificações, aprovados por unanimidade pela Câmara Municipal no dia 26 de outubro. A solenidade aconteceu no auditório do Cemure, que ficou lotado de servidores.




Uma a uma das leis foram assinadas pela chefe do Executivo Municipal e entregues aos servidores, Wilma Dantas do Samu, Paulo Henrique recém –chegado ao serviço público e Isabel Vilela que tem 25 anos como servidora da Prefeitura.



“Esse plano há 19 anos era almejado pelos servidores. Hoje nós damos a certeza de que o servidor terá uma perspectiva de uma aposentadoria melhor e que só dependerá do esforço e do desempenho dele as melhorias salariais. Antes de dar um presente ao servidor da Prefeitura do Natal, estou também me presenteando por ter conseguido implantar esse plano que outras gestões não tiveram coragem de fazer”, declarou a prefeita Micarla de Sousa.



“É uma satisfação muito grande estar hoje recebendo a lei assinada pela prefeita. Tenho 25 anos de serviço e sei o quanto isso será importante para mim. Só tenho a agradecer”, disse Isabel Vilela.



A partir de agora a Prefeitura vai iniciar a implantação do PCCV gradualmente em três fases: 30% em janeiro, 35% em março e 35% em maio de 2011. A implantação dos planos, que contempla os 18.000 servidores municipais, representará um incremento de R$ 5 milhões mensais aos cofres públicos.



Ao sancionar as leis a prefeita lembrou o compromisso dos servidores com o serviço público. “2011 será o ano da virada para Natal. Estamos recebendo muitos investimentos em mobilidade urbana, saúde, educação e turismo e sei que ao valorizar os nossos servidores com esse plano os serviços da Prefeitura serão melhor executados”, comentou Micarla de Sousa.



No encerramento da solenidade a prefeita foi homenageada por uma servidora da Semurb que entregou um ramalhete de flores em agradecimento pela implantação do PCCV. Participaram ainda do evento todos os secretários municipais e vereadores da base aliada.





Retrospectiva

Desde março deste ano, por iniciativa da atual gestão da Prefeitura do Natal, o Plano Geral de Cargos, Carreiras e Vencimentos começou a ser elaborado em consonância com os sindicatos. Após vários meses de discussão os projetos foram concluídos e entregues pessoalmente pela prefeita Micarla de Sousa no dia 10 de agosto ao Poder Legislativo. Até o dia da votação definitiva no dia 26 de outubro, o PCCV Geral, o PCCV Saúde e a Lei das Gratificações foram amplamente discutidos junto às categorias.



PCCV Geral



As principais vantagens da implantação do PCCV são: a possibilidade de atualização gradativa e modernização depois de implantado, ênfase nos salários, melhoria das aposentadorias, recuperação das carreiras (Cargos), implantação de uma política consistente de gestão de pessoas.



Outro aspecto da implantação do plano, é que nenhum dos servidores da Prefeitura do Natal receberá vencimento abaixo do que ganha atualmente, ao contrário, poderá ter aumento da remuneração base com a incorporação de abonos e gratificações.



Lei das Gratificações



A aposentadoria será mais vantajosa para servidor a partir do PCCV Geral. Serão separadas as gratificações e adicionais, devendo estes constituir base de contribuição previdenciária, garantindo assim uma remuneração mais digna e proativa no futuro.



A administração atual manterá todas as gratificações anteriormente acordadas na nova Lei sob a forma de abono até a incorporação ao salário. A Lei também estabelece que o valor dos adicionais serão revistos anualmente e o das gratificações definidas na lei a cada dois anos.



PCCV Saúde

O plano dos servidores da saúde é novo e apresenta algumas características semelhantes ao plano geral dos servidores municipais, mas com o princípio de valorização do Sistema Único de Saúde (SUS). Estão incluídos no plano os seguintes cargos: Auxiliar em Saúde, Agente de Saúde, Assistente em Saúde, Técnico em Saúde e Especialista em Saúde.



No PCCV da Saúde existem 16 níveis de progressão na carreira, onde o servidor evoluirá linearmente por tempo de serviço (progressão) e através de mudança de classe (promoção). Para este último, que acontecerá a cada dois anos, serão estabelecidos posteriormente os critérios de avaliação em conjunto com as entidades representativas de classe.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Desvio clandestino deixa comunidades sem água

Na quinta-feira passada foi descoberto mais um vultoso desvio, dessa vez na fazenda do ex-prefeito de Riachuelo, Marcílio Pessoa, nas proximidades do município. De acordo com a Companhia, os “gatos” - buracos nas tubulações abertos geralmente a machadadas - são feitos por grandes proprietários rurais e com fins de irrigação.  O volume desviado (ainda não calculado) era tão grande que formou um pequeno açude. Por causa disso, quatro comunidades rurais – Pedra Branca, Acauã, Várzea Fria e Carnaúba – ainda estão sem água, e a Caern promete normalizar o abastecimento até segunda-feira. Marcílio Pessoa negou o furto e  culpou os assentados ao lado da fazenda. “Eles caçam rolinha e devem ter quebrado o cano para fazer tocaias com o objetivo de atraí-las. Não sou responsável por uma tubulação que fica exposta”, disse, acrescentando que não possui plantação ou criação de gado na propriedade. “Não tenho motivos para fazer o desvio”.

Riachuelo é uma cidade “ponta de linha”, nome técnico usado pela Caern, já que fica no fim da adutora Sertão Central Cabugi, e por isso a que mais sofre com as ligações clandestinas ao longo dos 204 Km de tubulação. Além disso, o abastecimento é feito no esquema “dia sim, dia não”.